Sat Company inicia 2019 estourando mais um desmanche ilegal

A SAT Company, empresa de rastreamento de veículos, com tecnologia própria contribuiu com a descoberta de mais um desmanche ilegal de autos.

A ação, que ocorreu no último dia 5 de fevereiro, só foi possível porque o aparelho inibidor de sinais utilizado pela quadrilha (jammer), não obteve êxito em bloquear a comunicação do veículo furtado com a Central de Monitoramento 24 horas Sat Company.

Devido ao uso de sua tecnologia híbrida, o rastreadorR12 RF Lora, identificou a perda de conexão via GPRS, e de forma instantânea e automática, habilitou o canal de comunicação via RF (rádio frequência), emitindo sinais constantes de S.O.S.

A ação se iniciou por volta das 21:30hs, quando a Central 24 hsrecebeu a informação sobre ofurto de um VW Fox em São José dos Campos / SP.

De imediato,foramacionados o G.A.P.O. (Grupo de Análises Preventivas Operacionais Sat Company)e a Rede de Caçadores de Autos da Sat Company. Assim, foi possível identificar o sinal do rastreador na região de Guarulhos, transmitindo posições com alerta dojammer.

Os agentes da Sat Company foram direcionados ao local para que através da tecnologia RF, potencializassem a intensidade do sinal do rastreador, proporcionando maior precisão na localização do veículo.

Com a identificação do ponto em que estava ocorrendo à perda do sinal GPRS, a equipe da Sat e os policiais do DEIC, invadiram a propriedade e localizaram diversas peças veiculares, muitos carros desmontados, e o veículo que estavam procurando.

Também foram presos quatrosuspeitos que estavam no local em atitudes suspeitas.

Esse foi mais um episódio que evidenciou a importância da radiofrequência Lora, que constitui a única tecnologia de rastreamento que não pode ser burlada pelo crime organizado.

As demais formas de radiofrequência podem ser fraudadas pelo emprego dejammers, porutilizarapenas um canal da grade de frequência, o que vem sendo descoberto pelos criminosos.

O sistema Lora, por outro lado, pode utilizar qualquer canal entre milhares, tornando praticamente impossível a detecção do sinal e consequente interrupção.

O serviço de rastreamento da SAT foi pioneiro no Brasil em uso da radiofrequência Lora, utilizando rede própria e dinâmica de comunicação, formada por antenas fixas e móveis (seusrastreadores), e é o único com tecnologia embarcada capaz de ativar automaticamente, sem intervenções externas, a redundância para uso do sistema RF Lora, sem perda do sinal do veículo.

Fonte: SEGS (Portal Nacional de Seguros) – Acesse a matéria aqui

Poste um comentário

Chame no WhatsApp